Indenização por saidinha de banco Imprimir E-mail
Banco condenado a pagar R$ 50 mil de indenização à um cliente por causa de uma "saidinha de banco". A decisão foi da juíza Anna Eliza Duarte Diab Jorge. A sentença afirma que cabe à instituição financeira observar o que se passa na agência em cumprimento ao dever de segurança. Em Dezembro de 2009, Mario Armênio compareceu à uma agência do banco para sacar R$ 30 mil e pediu um espaço reservado para a operação, o que foi negado. Ao sair do banco, foi assaltado. A decisão, de acordo com a juíza, foi baseada no CDC.
 

Em destaque

Planos de Saúde

negado

Recusa de autorização e atendimento

Clique aqui para saber mais

hack